quarta-feira, 17 de abril de 2013

Os sete grandes milagres do socialismo

HOMEM: "Vejam lá quantos rebuçados vocês têm. Vou tirar-vos metade e dá-los às crianças demasiado preguiçosas para irem por si próprias festejar o Halloween."
CRIANÇAS: "Ora, bolas! Um democrata!"

Aqui estão os sete milagres do socialismo, na sua versão cubano-coreano-soviética:

  1. Não existe desemprego, mas ninguém trabalha.
  2. Ninguém trabalha, mas os planos quinquenais são cumpridos.
  3. Os planos cumprem-se, mas ninguém compra nada.
  4. Não há nada que comprar, mas lojas em cada bairro.
  5. Por todas as lojas há filas, mas estamos no meio da abundância.
  6. Estamos no meio da abundância, mas estamos insatisfeitos.
  7. Estamos insatisfeitos, e apesar disso as autoridades têm o apoio da população.

Já li esta anedota em russo e em espanhol. Ela foi criada no meio da União Soviética, não no capitalíssimo Ocidente. Por que razão estamos na Europa a repetir os erros que não geraram senão miséria, escravidão, grilhetas, incapacidade e tristeza geral?