sexta-feira, 8 de maio de 2015

Filho na tropa? Não lhe invejo a sorte.

A Finlândia envia uma carta a todos os reservistas. A Lituânia faz treinos militares simulando um ataque russo. A Rússia vende os mísseis intercetores S400 (e não a versão export), o que dá à China capacidade de conter aviões e mísseis contra o seu território.

O Japão treina reservistas.

A guerra está próxima. A Rússia está a ser provocada. Não havia necessidade, diria o Diácono Remédios. A Rússia vai responder. Não havia necessidade.

E porquê? Porque a guerra mascara a realidade económica. À conta da guerra, o tombo do sistema financeiro não será imputado aos verdadeiros culpados. Para esses haverá necessidade.