terça-feira, 28 de abril de 2015

Estou de acordo com as críticas às regras de cobertura da campanha eleitoral.

E de tal forma estou que peço aos diversos media que não cedam e recusem-se a cobri-la.

Agora e para sempre.

Não perderemos nada de substantivo. As únicas palavras que estes políticos me suscitam são adjetivos muito pouco qualificativos e interjeições várias.