sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Os Gregos apoiam o Syriza, mas desconfiam.

O presente da Grécia. Nem imagino qual será o futuro.

Os levantamentos de depósitos estão em alta na Grécia. 25 mil milhões de euros já voaram dos bancos desde o fim de Dezembro, numa demonstração clara da confiança que os gregos têm na capacidade de o Syriza os meter numa alhada sem precedentes. E mais vale um euro na mão que dois dracmas a desvalorizar.

Vai haver um feriado bancário na próxima segunda-feira. Os gregos, diz-se à boca fechada, estão com medo que na Terça os depósitos se encontrem encurralados, ou pior, tonsurados.

E enquanto a Grécia vai de instrangigência em intrangisência até à cedência final, teme-se que já em Fevereiro não haja dinheiro para salários. Antes das eleições havia dinheiro suficiente nos cfres gregos até Março.

Portugueses, os erros dos outros são lição para nós. Socialistas, quer radicais ou aflorados, amarelos ou rosas, trazem sempre grilheta e miséria, frustração e lágrimas.


ADENDA: Foram 68 milhões de levantamentos apenas na manhã de ontem.