sábado, 27 de setembro de 2014

Viva até aos 75. Depois morra, que é esse o seu dever.

O Dr. Ezekiel Emanuel acha que deve morrer aos 75. Nós dizemos: porque não se apressa?

O Dr. Ezekiel Emanuel, um dos arquitetos do Obamacare, o programa de saúde da administração Obama nos Estados Unidos, acha que as pessoas devem viver até aos 75. E depois deixar de procurar prolongar a sua vida, através de tratamentos médicos, claro que pelo bem comum. Para quem quira ler, que leia aqui, em inglês.

Muitos americanos, ao verem como os seguros de saúde lhes subiram após a implantação do Obamacare ou como perderam o seu emprego (porque as empresas não estão para aturar as taxas por este programa criadas sobre os trabalhadores), lamentam que o Dr. Emanuel tenha vivido até hoje.

Eu não posso estar mais de acordo. Todos os socialistas, das mais diversas matizes e cores, devem morrer aos 75. E, se forem mesmo patriotas, devem morrer aos 67 anos e três meses (podem gozar três meses de reforma, mais mais não é preciso). E se forem mesmo boas pessoas devem atirar-se para a linha do TGV assim que esse esbulho inútil esteja construído.


Agora a sério. O sistema de Segurança Social, lá e aqui, está condenado. É uma fraude tipo Dona Branca ou Maddoff. Mais cedo ou mais tarde, surgirá a lei que impede as pessoas de viver mais de dez anos após a reforma, negando cuidados médicos que possam prolongar a vida. Ou isso ou a Segurança Social vai falir em menos de uma década. Se está nos quarenta e tais, como eu, saiba que isso é o que nos espera.