quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Das eleições primárias dos primos António

O primo António acha que a situação está preta. O primo António acha que a situação está negra.

O primo António gosta do vermelho. O primo António do encarnado.

O primo António sobe ao palco e diz que a economia só melhora com crescimento. O primo António monta ao palanque e afirma que a situação só lá vai com a dinamização da economia.

O primo António acha que o primo António não pode dar lições de moral ao primo António. O primo António está convicto de que o primo António tem discurso vácuo e que promete o que não pode fazer.

O primo António acha que o governo Sócrates teve erros, mas acrescenta que foi um orgulho. O primo António acha que a governação PS não foi perfeita, mas que foi positiva para Portugal.

O primo António trata o Primo António por tu. O primo António vai pelo país dizendo que é melhor que o primo António. O primo António afirma-se a esperança para Portugal, ao contrário do primo António, que é representante dos mais escuros interesses que capturam o país. O primo António diz que ele será o futuro primeiro-ministro de Portugal. O primo António acha que se o primo António estiver no poder o país voltará a ficar capturado pelos interesses.


Caro leitor, consegue discernir o primo António do primo António? Qual primo António é Costa, qual é Seguro? De uma coisa apenas estou seguro, eu estou completamente de costas para esta eleição. Mas aprecio que as comadres se tenham zangado dentro do PS. Está a ser claramente elucidativo.