terça-feira, 10 de junho de 2014

Para aqueles que acham que o Irão é um pacífico...

Talvez seja melhor lerem a opinião de um tal Nikolai Makarov, que é nem mais nem menos o Chefe do Estado Maior das forças armadas russas.

Estamos cientes de que muitos países que nunca admitiram ter um arsenal nuclear o têm na realidade. (...) Não tenho dúvidas que se as armas nucleares caírem nas mãos de extremistas, isso irá comprometer a segurança mundial, e portanto qualquer cenário é possível se certos países adquirirem capacidades nucleares.


Realizámos uma avaliação com os nossos homólogos americanos, que concluiu que esta ameaça é realista. O próprio facto de que nós concordámos em realizar um escudo anti-míssil conjunto implica que reconhecemos que a ameaça é real.

A pérola vem a seguir.

Vamos lidar com este problema juntos, vamos tomar uma iniciativa conjunta para nos livrarmos das ameaças potenciais, não apenas para os países europeus, mas também para a Rússia, porque a Rússia é parte da Europa.

Gostaria de que aqueles que dizem mal da Rússia pensassem nisto: qual é o bloco onde a democracia mais é posta em causa? Não é a Rússia.

O próximo testemunho é de John Nyquist, que encontrarão no seu sítio.

Como um antigo membro do parlamento britânico disse ao alcance do meu ouvido: «Reagan e Tatcher salvaram o Ocidente do socialismo.» Um antigo coronel do GRU (serviços de inteligência externa russos), que se sentava no outro lado da mesa, segredou-me ao ouvido: «Mas a América é o paraíso do marxismo.»

Pensem o que quiserem. Limito-me a apresentar factos, os mesmos que a nossa imprensa persiste em ignorar.